Bilitis

Biltis bandeConhecem Francis Lai? Não, não é um sociólogo. Não conhecem… Não faz mal! Se não conhecem não existe. Simpatizo com aquilo que não existe. Não incomoda. Mas o Francis Lai existe. Compôs a música de dezenas de filmes, entre os quais Un Homme et Une Femme (1966), Love Story (1970) e Emmanuelle (1975). Agora, conhecem? Centrado nas relações entre mulheres, Bilitis (1977), dirigido por David Hamilton, passou mais despercebido. Mas a banda sonora não desmerece. A música de Francis Lai fica no ouvido e na memória. São poucos os álbuns que me lembro quando os escutei pela primeira vez. Bilitis é um deles. Há 37 anos! Uma relíquia a partilhar. Escolhi três faixas: 5 – L’Arbre; 9 – Scène d’Amour; e 11 – Bilitis Générique de fin. Eventualmente, para descontrair.

Etiquetas:, , ,

About tendências do imaginário

Sociólogo.

Trackbacks / Pingbacks

  1. Aqui há gato! | Tendências do imaginário - Agosto 3, 2016

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: