Archive | Outubro 2015

Ave Maria

The Well-Tempered Clavier vol. I Prelude (BWV 857) page 02 Composer's manuscript Sheet Music.

The Well-Tempered Clavier vol. I Prelude (BWV 857) page 02 Composer’s manuscript Sheet Music.

Hoje fui falar ao Mosteiro de Tibães sobre a capela de São Bento. Tibães, às vezes, põe-me melancólico. E quando estou melancólico, gosto de ouvir música. Deu-me para ouvir três versões da Ave Maria:

– A versão original, de Johann Sebastian Bach, uma das minhas composições preferidas: o Prelúdio nº1 do Cravo Bem Temperado (1722).

– A Ave Maria de Charles Gounod, uma espécie de prelúdio de Bach cantado. A primeira edição, de 1853, chamava-se, precisamente, Méditation sur le Premier Prélude de Piano de S. Bach.

– A Ave Rock Maria de Michael Quatro (In Collaboration with the Gods; 1975) retoma as composições anteriores abusando dos sintetizadores. O álbum é uma raridade.

J. S. Bach, Prelúdio nº1, Cravo Bem Temperado (1722)

Charles Gounod, Ave Maria (1853). Interpretação: Maria Callas.

Michael Quatro, Ave Rock Maria, In Collaboration with the Gods (1975)

Pela nossa saúde

Quino. Álbum - A la Buena Mesa.

Quino. Álbum – A la Buena Mesa.

Depois das alheiras e do arroz de cabidela, das salsichas e dos enchidos, da pegada ecológica do atum e do bacalhau, é a vez da diminuição do sal nos restaurantes.

Numa notícia com o título “Restaurantes garantem reduzir sal a partir de 2016 nas sopas e nos acompanhamentos” (Público, 30 Out 2015) lê-se o seguinte:

“Os restaurantes que fazem parte da maior associação do sector, a Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (Ahresp), comprometeram-se a reduzir em 3% a 4% a quantidade de sal na sopa e em acompanhamentos, como o arroz, a massa e as batatas, a partir do próximo ano, informou o director do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, Pedro Graça (…) As “reduções são imperceptíveis ao paladar”, explica o nutricionista. O objectivo é chegar ao valor de referência de 0,2 gramas de sal por 100 gramas de alimento”.

É uma boa notícia. Há anos, Portugal foi pioneiro na diminuição do sal no pão. Agora, a iniciativa consiste na dessalinização do povo português. É a sina do cidadão do terceiro milénio: paciente e assistido, numa sociedade mais saudável e menos onerosa. Muito se escreveu nos anos setenta sobre o poder médico e a medicalização da sociedade. Recorde-se Michel Foucault, Ivan Illich, Robert Castel e Jean Claude Lachaud. Longe, no entanto, de imaginar que a sociedade se iria converter num laboratório e num hospital gigantescos. São boas medidas, mas são tantas que o quantitativo se torna qualitativo (Hegel). O advento de um mundo novo e de um governo por receita.

Quino. Álbum - Quinoterapia.

Quino. Álbum – Quinoterapia.

Michel Foucault, Histoire de la folie à l’âge classique, Gallimard, 1972.
Ivan Illich, Medical Nemesis, London, Calder & Boyars, 1974.
Jean Claude Lachaud, Le Pouvoir Médical, Paris, Privat, 1975.
Robert Castel, L’Ordre psychiatrique, Paris, Minuit, 1977.

As peúgas são armas de choque

happy-socks-sock-em-dead

O anúncio Sock ‘m Dead é dirigido pelo norte-americano Robert Rodrigues, realizador de Sin City (com Frank Miller e Quentin Tarantino; 2005) e de El Mariachi (1992), “o filme mais barato da história” (7 725 dólares). O espírito do Halloween paira sobre esta curta-metragem, uma história bem contada com vampiros e peúgas.

Marca: Happy Socks. Título: Sock ‘m Dead. Produção: Troublemaker Studios. Direcção: Robert Rodriguez. Estados Unidos, Outubro 2015.

Pecado mundial

Fome em África

“OMS declara salsichas e enchidos tão cancerígenos como o tabaco”, eis o título da notícia no jornal Expresso de 26.10.2015 (http://expresso.sapo.pt/dossies/diario/2015-10-26-OMS-declara-salsichas-e-enchidos-tao-cancerigenos-como-o-tabaco). “Segundo documento, 50 gramas de carne processada por dia, o equivalente a duas fatias de bacon, aumentam a chance de desenvolver câncer colorretal em 18%” (http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/10/151026_carne_cancer_oms_fn).

Vamos trocar a aparência dos números. Porque os números também falam!

“Existem 42 152 novos casos de cancro colo-rectal  estimados em 2013 em França metropolitana (23 226 homens e 18 926 mulheres). A taxa de incidência, normalizada, em 2012 é igual a 38,4 por 100 000 homens e 23,7 por 100 000 mulheres” (http://www.e-cancer.fr/Professionnels-de-sante/Les-chiffres-du-cancer-en-France/Epidemiologie-des-cancers). Seja, 0,000384 e 0,000237, respetivamente. Aplicando o aumento de 18% ao exemplo francês, a incidência sobe, nos homens, de 0,000384 para 0,000453 e, nas mulheres, de 0,000237 para 0,000280. Uma diferença muito inferior a um para 10 000: 0,000069 e 0,000043. Espero não me ter enganado nas contas.

Nos nossos dias, grassa uma obsessão pela alimentação. Alimentação pela boca, pelos ouvidos e pelos olhos. Sais de fruto, para sempre! Certo é que tanto adoramos a alimentação como a tememos.

Ao nível do planeta, especialmente em África, o mais preocupante é a falta de alimentação. A fome. Segundo a FAO (The State of Food Insecurity in the World: http://www.fao.org/3/a-i4030e.pdf), em 2012-2014, havia 803 milhões de pessoas subnutridas, ou seja, 11,3% da população mundial.

Morram as salcichas, pim! Morram os enchidos, pum! Viva a música, pim, pam, pum! Ave Mundi, pam!

Crianças ciganas

la-leonor-real

Sem rodeios, nem artifícios, este anúncio centra-se nas crianças ciganas, na sua imagem e na sua voz, nas suas dificuldades e nos seus sonhos. Bem informado, sabe o que nos importa saber. Inteligente e empático, convida a ver e a ouvir com a razão e o coração. É um anúncio de sensibilização dirigido à consciência que temos, ou talvez não. Un anuncio muy sencillo. Gracias!

Anunciante: Fund. Secretariado Gitano. Título: La Leonor real y otros niños reales. Agência: DDB España. Direcção: Rebeca Díaz. Espanha, Outubro 2015.

O surfista e o tubarão

Tubarão 3

Os desportos de equilíbrio, deslize e aventura estão na moda. No ar, na água e no solo: skate, surf, windsurf, kitesurf, asa delta, parapente, esqui… Por sua vez, os hamburgers, da KFC, assumem-se como uma poção mágica. Não obstante tanta proeza, este anúncio (vídeo 1) é uma paródia, por sinal, polémica, de um ataque de um tubarão a um surfista durante uma competição na África do Sul (vídeo 2).

Marca: Kentucky Fried Chicken | KFC South Africa. Título: Mick Fanning Fights off Shark. África do Sul, Outubro 2015.

Surfista atacado por um tubarão durante o J Bay Open na África do Sul em 2015.

Cosmética

shiseido-hed-2015Ele ou ela? Uma questão de cosmética? Eis a magia da liquidez: mergulha-se mulher e sai homem; e vice-versa. O anúncio High School Girl?, da Shisheido, embora não o explicite, lembra a figura do andrógino, cara ao imaginário japonês.

As marcas de moda evidenciam-se pela qualidade dos anúncios. Este é um bom exemplo. Para aceder ao making of: https://www.youtube.com/watch?v=CM_uPPvXUXs.

Marca: Shisheido. Título: High School Girl? Japão, Outubro 2015.

O suplício da intimidade

Pieter Brueghel the Elder. The Wedding Dance, circa 1566.

Pieter Brueghel the Elder. The Wedding Dance, c. 1566. Será que no séc. XVI os homens também tinham problemas com a roupa interior?

Acontece aos homens sentir desconforto nas partes indiscretas. Segundo o anúncio da Tommy John, o incómodo provém da roupa interior. Experimente a marca! Alívio imediato. As partes baixas foram, desde sempre, uma tentação, humorística, da publicidade. Mais do que as partes altas: honoráveis, corretas e notórias. O caldeirão vende mais que o ceptro.

Marca: Tommy John. Título: The Big Adjustment. Agência: Preacher. Direcção: Guy Shelmerdine. Estados Unidos, Outubro 2015.

A Cruz de Ferro

Brum do Canto. A Cruz de Ferro

Brum do Canto. A Cruz de Ferro

Em tempos de clouds e megabases, existem cópias de filmes que se perdem irreparavelmente. Há cerca de dois anos, a Câmara Municipal de Melgaço pretendeu projetar o filme A Cruz de Ferro (1968). Realizado por Jorge Brum do Canto, o filme foi rodado e estreado em Castro Laboreiro. A ideia era replicar a estreia: no mesmo local, com lençóis a servir de ecrã… Infelizmente, não se encontrou uma única cópia utilizável. Nem sequer na Cinemateca. O filme A Cruz de Ferro é mais um pássaro Dodo!

O vídeo Film is Fragile, do British Film Institute, aborda, precisamente, a necessidade urgente de preservar as cópias dos filmes. O resultado condiz com a reputação da produtora The Mill.

Anunciante: British Film Institut. Título: Film is Fragile. Produção: The Mill. Reino Unido, Outubro de 2015.

A passo de tartaruga

Tendências do Imaginário ultrapassou as 400 000 visualizações. Nunca mais chega ao meio milhão! O número de visitantes ascende a 81 470. A distribuição por países pouco se altera, ressalvando o aumento episódico da Espanha (ver https://tendimag.com/2015/05/04/350-000-visualizacoes/). “Clicar” no gráfico para melhor visualização.

Apresentação 400 000

O mundo não se esgota em números. Também tem pautas e notas. Saiu há dias um cd do Jean-Michel Jarre: Electronica 1: The Time Machine. A faixa 3, Close your eyes, é uma parceria com os Air. Gosto dos Air. Gostei, a seu tempo, nos anos setenta, do Jean-Michel Jarre. Em 1979, assisti a um concerto na Place de la Concorde, em Paris. Não o vi e mal o ouvi. Saí a meio.