Tag Archive | Reino Unido

Ralph Vaughan Williams

Ralph Vaughan Williams

O compositor inglês Ralph Vaughan Williams (1872-1958) não consta, até ao momento, do Tendências do Imaginário. Seguem duas músicas: uma célebre, Sir John in Love: Fantasia on Greensleeves (1924-28); e a outra, bastante diferente, Tuba Concerto: Mov. 1 (1954).

Ralph Vaughan Williams. Sir John in Love: Fantasia on Greensleeves (1924-28). Leonard Bernstein. New York Philharmonic Orchestra. 1971.
Ralph Vaughan Williams. Tuba Concerto in F minor – I. Prelude. 1954. Taipei Wind Orchestra.

Netos da revolução, filhos do esquecimento

Elton John, Marc Bolan & Ringo Starr. Londres. 1973.

Gosto de escavar como um arqueólogo indisciplinado. Por exemplo, na história do rock. Numa sociedade acelerada, cinquenta anos representa muito tempo. Quem ouviu os T. Rex? Uma banda de rock inglesa, com um som próprio, ativa entre 1967 e 1977. The Slider foi o álbum mais vendido em 1972 no Reino Unido. A banda dissolveu-se em 1977 na sequência da morte num acidente de automóvel do vocalista Marc Bolan.  Em dez anos, produziram treze álbuns.

T. Rex. Cosmic Dancer. Electric Warrior. 1971.
T. Rex (com Elton John). Get it on. Electric Warrior. 1971
T. Rex. Children of revolution. Single. 1972.

Para a minha dama

Amadeo Modigliani. Woman in black dress. Detalhe. 1918.

Para a minha dama! Sem ela, não sou eu.

The Moody Blues. For My Lady. Seventh Sojourn. 1972.
Supertramp . Lady. Crisis what crisis. 1975.

Serenidade

Não se ganha em amedrontar as pessoas. Seja qual for o motivo: tabaco, Covid-19 ou inferno. O medo torna as pessoas irracionais. Cabeça e coração. Um amigo, com sintomas graves, adiou vários meses a consulta médica; fumador, receava um cancro nos pulmões. Não era! O problema, grave e urgente, era outro e nada tinha a ver com o tabaco. O evangelho vigente por pouco não foi fatal. A campanha do medo é medonha. É com determinação e serenidade que se atravessa o abismo (AG).

“Não é necessário ter razões par ter medo” (Romain Gary, La vie devant soi, 1975).

Serenas são as canções de Katie Melua. Na intimidade, com o Gori Women’s Choir, em concerto na Irlanda do Norte ou durante o memorial das vítimas da guerra, com a presença da Rainha.

Katie Melua. Dreams On Fire. In Winter, 2016.
Katie Melua. The Closest Thing to Crazy. The Closest Thing to Crazy. 2003. Ao vivo em Belfast, 2004.
Kate Melua. I Will Be There. Ketevan. 2013. At The RBL Festival of Remembrance (09.11.2013). BBC One.

Descubra as diferenças

Cartoon Illustration of Spot the Differences Educational Activity Game for Children with Insects Animal Characters Group

O mundo e o seu mistério nunca se refazem, não existe modelo que baste copiar (René Magritte).

Saiu um anúncio com a assinatura de Dan Brown: No Less Lethal, da Rubber Bullets. Balas perfuram e destroem vários objetos. Praticamente o mesmo perfil que um anúncio de 2007: Stop the bullet Kill the gun, da Choice FM. Descubra as diferenças.

Marca: Rubber Bullets. Título: No Less Lethal. Agência: Austin, Wunderman Thompson. Direcção: Dan Brown. Estados-Unidos, Novembro 2020.
Marca: Choice FM. Título: Stop the bullet Kill the gun. Agência: Amv BBDO London. Direção: Malcolm Venville, Sean de Sparengo. UK, 2007.

Um colar de corações. A cadeia da generosidade

Chegou o trenó com os primeiros anúncios de Natal. Carregado de generosidade. Ano após ano, a John Lewis faz questão de publicar um anúncio de Natal memorável. Este ano, optou por uma corrente do bem. Pequena boa ação a pequena boa ação, o mundo respira. O anúncio reparte-se por nove episódios, conectados por corações, cada um com um estilo específico de animação. Vou enviar este anúncio aos reis magos.

La agencia y la marca han apostado por distintos estilos de animación con la intención de ilustrar actos de bondad cotidianos de diferentes maneras. Las viñetas abarcan formas de arte que van desde la animación con plastilina y stop motion hasta el CGI (Computer Generated Imagery) y fueron creadas por diferentes artistas, como Chris Hopewell, responsable de videos musicales para Radiohead y Franz Ferdinand, y el animador francés Sylvain Chomet, entre otros.
Del mismo modo, y por primera vez en la historia de la publicidad navideña de John Lewis, la banda sonora es una canción original en lugar de una versión. La cantante de soul británica y ganadora del premio Brit, Celeste, ha escrito y compuesto el tema, llamado A Little Love (https://www.adlatina.com/publicidad/nuevo:-adam-eve-ddb-y-john-lewis-muestran-que-con-peque%C3%B1os-actos-de-amor-se-puede-hacer-del-mundo-un-lugar-mejor).

Marca: John Lewis + Waitrose. Título: Give a little love. Agência: Adam & Eve DDB (London). Direcção: Oscar Hudson. Reino Unido, Novembro 2020.

Terror na horta. O gato e os pepinos

Está fraca, este ano, a colheita de anúncios Halloween. Já os diospiros… Talvez não seja o o melhor momento para agitar o espantalho da morte. O anúncio Scaredy Cat, da Mars Temptations, é uma paródia. Um gato solitário persegue, impávido, uma bola de lã numa casa assombrada. O pior está para vir: os pepinos. Um anúncio com uma excelente animação.

Marca; Mars Temptations. Título: Scared Cat. Agência: adam&eveDDB London. Reino Unido, Outubro 2020.

Música divertida

Klaus Nomi

Caiu-me no sapatinho eletrónico o anúncio Opera, da Amazon. À primeira vista, a ópera é rebaixada por um indivíduo deitado rente ao chão em trajes menores que a estima enfadonha. Não rebaixa quem quer! Mas o certo é que o maestro, a orquestra e a cantora mudam o repertório. Para benefício do intérprete seguinte, Klaus Nomi? Na realidade, Klaus Nomi mais do que “divertido” é humano, demasiado humano. As trocas de música destinam-se a enaltecer um novo produto sonoro: o Alexa. Segue o anúncio, mais a canção de Klaus Nomi.

Marca: Amazon / Alexa. Título: Opera. Agência: Droga 5 London. Direcção: Andreas Nilsson. Reino Unido, Outubro 2020.
Klaus Nomi. I Feel Love (Cover de Donna Summer). Klaus Nomi – In Concert. 1986.

Com auscultadores sem fios

Slade. Slade Smashes.1980.

A técnica tem uma característica interessante: permite usos inapropriados. Nos encontros e nas reuniões, dava jeito colocar uns auscultadores sem fios e migrar para outras paisagens sonoras. A música suave não se presta a esta audição clandestina. Corre-se o risco de adormecer. O ideal é uma música brutal. Mas temos que nos treinar a não “abanar o capacete”. É uma tentação usar auscultadores nas aulas por videoconferência. Em quarenta alunos, apenas um tinha a câmara ligada. No ecrã, dezenas de bolachas. Dar uma aula acompanhado pelos Slade deve ser empolgante. Retenho quatro músicas, ao todo 15 minutos. É muito atendendo à vossa disponibilidade, mas pouco comparado com a duração de uma reunião ou de uma aula. E parece-me ser mais divertido.

Slade. Cum On Feel The Noize. Sladest. 1973.
Slade. Coz I luv you. Play It Loud. 1970.
Slade. My Oh My. The Amazing Kamikaze Syndrome. 1983.
Slade. Run Runaway. The Amazing Kamikaze Syndrome. 1983.

Pinguins

Acordei preguiçoso. Temo cansar-me. Lembram-se capas dos álbuns dos Penguin Cafe Orchestra? Humanóides com cabeça de pinguim em movimentos parados (ver galeria). Os Penguin Café Orchestra são um testemunho de que, muitas vezes, a originalidade é um opção para o esquecimento. A originalidade é indigesta, preferimos adubar a inteligência com com mais do mesmo, de preferência, com certificação ISO. A originalidade é indigesta. Para exemplo da música dos Penguin Café Orchestra, escolhi, por preguiça, as primeiras faixas do álbum Broadcasting From Home.

Penguin Café Orchestra. Music for a found harmonium. Broadcastint From Home. 1984.
Penguin Café Orchestra. Prelude & Yodel. Broadcastint From Home. 1984.
Penguin Café Orchestra. More Milk. Broadcastint From Home. 1984.