A estatura do género

Cuca. Tarraxinha

O corpo humano é o principal banco de símbolos. Como alvo e como fonte. O corpo feminino talvez mais do que o masculino. Neste anúncio angolano, o corpo feminino serve para significar uma cerveja mini. Não podia ser um corpo masculino? Poder, podia, mas desafiava as coordenadas do nosso imaginário, coordenadas que a publicidade, regra geral, respeita. Uma mulher alta a dançar com um homem baixo é uma figura que inverte o nosso mapa mental. Como diriam Claude Lévi-Strauss, Pierre Bourdieu e muitos outros autores, o alto tende a ser associado ao masculino e o baixo ao feminino.

Marca: Cuca. Título: Tarraxinha. Agência: TBWA Luanda. Angola, Maio 2013.

Tags: , , , , ,

One response to “A estatura do género”

  1. Beatriz Martins says :

    “A mulher e a sardinha, quer-se da mais pequenina.” Claro está que sobre efeito da cerveja mini, passa a pescada! 🙂

Leave a Reply

%d bloggers like this: