Versatilidade: a harpa de Deborah Henson-Conant

Deborah Hanson-Conant.

Dizem que o homem moderno é órfão do tempo. Não tem tempo para nada. No entanto, não consegue arrumar vida para o tempo de que dispõe. É rico de pobre e pobre de rico. Eis o seu paradoxo, a sua miséria (Imitando Pascal, Albertino Gonçalves).

Deborah Henson-Conant é um prodígio da harpa. Compôs a encantadora balada The Nightingale (áudio 1). A sua interpretação de Baroque Flamengo é poderosa (vídeo 1); por seu turno, a versão harpa elétrica do hino The Star-Spangled Banner, inspirada em Jimmy Hendrix (vídeo 3), é um assombro (vídeo 2). Vale a pena espreitar, pelo menos, uns segundos.

Deborah Henson-Conant. The Nightingale. Alter Ego. 1998. Instrumental.
Deborah Henson Conant. Baroque Flamenco. Invention & Alchemy. 2006.
Deborah Henson Conant. Hendrix on Harp – “Star Spangled Banner”. Regent Theatre – Arlington, MA in June 2011.
Jimi Hendrix plays the Star Spangled Banner [Woodstock 1969].

Etiquetas:, , , , ,

About tendências do imaginário

Sociólogo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: