Geometria do poder

linha-quino-hombres-de-bolsillo-1977

Linhas. Quino. Hombres de bolsillo. 1977.

Há séculos que se conhece a diferença entre uma linha recta e uma linha curva. A primeira é clássica e a segunda, barroca. Comparada com a linha recta, a linha curva acentua a sensação de volume, movimento, desequilíbrio, jogo luz e sombra e aproximação dos opostos. Para Quino as linhas também se distinguem na sua relação com o poder. A recta é mais obediente, mais disciplinada e, em suma, mais alinhada e mais correcta.

Etiquetas:, , ,

About tendências do imaginário

Sociólogo.

2 responses to “Geometria do poder”

  1. Beatriz Martins says :

    .. é? Gosto tanto de curvas.

  2. Edith Sarmento Dutra says :

    Venho apreciando muito o que escreve e a escolha das fotos. Gostei muitíssimo o artigo sobre os “socos” (no Brasil, tamancos) que se vê em alguns quadros do s;XV. Sou curiosa quanto aos costumes alimentares e vestuários da Idade Média e Renascimento. O seu trabalho é primoroso e por isso simples.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: