Tag Archive | seios

Ninguém é normal.

01. Nobody is normal. 2020.

A normalidade não existe. Apenas desvios à norma. Na literatura, abundam figuras de monstros que são bons e de bons que são monstros. Por exemplo, a Bela e o Monstro, de Gabrielle-Suzanne Barbot de Villeneuve (1745), Quasímodo, de Victor Hugo (1831) ou Dorian Gray, de Oscar Wilde (1890). No anúncio Nobody is normal, da britânica Childline  –  NSPCC (Sociedade Nacional para a Prevenção da Crueldade contra Crianças), todos são anormais por dentro e por fora.

02 Fonte de Diana de Éfeso. Tivoli. Villa d’Este

A metamorfose da figura feminina galardoada (ver figura 1) lembra, os justos que me perdoem, uma deusa grega, Ártemis, ou romana, Diana, na versão dita de Éfeso. “Bolsas” cobrem-lhe o peito (ver figuras 2 a 7). Há entendidos que alvitram seios, outros ovos ou testículos de touro. Sempre atributos de fertilidade, apanágio da “mãe natureza”. Entre as imagens de Ártemis de Éfeso, retenho a escultura no jardim da Villa D’Este, um colossal palácio maneirista construído no século XVI, em Tivoli, perto de Roma. As fontes de Villa d’Este são famosas (figuras 8 a 17). Os jatos de água provenientes das “bolsas” de Diana de Éfeso não enganam. Parecem seios, uma abundância de seios! Estes esguichos não são de ovos, nem de testículos de touro. Acode-me, que os justíssimos me perdoem, a lactação de São Bernardo (ver https://tendimag.com/2012/10/26/um-abraco-a-divindade-sao-bernardo-de-claraval/).

Anunciante: Nspcc. Título: Nobody is normal. Agência: The Gate. Direcção: Catherine Prowse. Reino Unido, Novembro 2020.

Galeria de imagens 1: Esculturas de Ártemis/Diana de Éfeso.

Galeria de imagens 2: Fontes da Villa d’Este, em Tivoli.

Um par de cabeças

Postal humorístico antigo. Kirou Ado. L’âge d’or de la carte postale, Paris, Éditions André Balland. 1966.

Venez danser
Copain copain copain copain copain copain
Venez danser
Ça danse les yeux dans les seins

Jacques Brel

Segundo Bergson, o riso está associado à observação desprendida de situações e comportamentos desajeitados (Charlot), inexpressivos (Buster Keaton), desviados (Don Quixote), desastrados (Mr. Hulot) ou desregrados (Mr. Bean). Mas quando o humor é criativo, quem fica sem jeito, desconcertado, é o próprio observador, que se sente deslocado para jogos que ultrapassam a razão desprendida. Tem cócegas no cérebro.

Jacques Brel. Les paumés du petit matin. Les bourgeois. 1962.

Os cabelos e os seios

Pantene. Life CareSem comentários.

Marca: Pantene. Título: Life Care. Agência: Grey Argentina. Direção: Emiliano Ferrando. Argentina, Outubro 2013

Seios ao alto!

Valege. Finally TogetherA publicidade não desdenha o dia de São Valentim. Este anúncio dedica-lhe uma belíssima animação original: um par de seios solitários acaba por se reencontrar graças ao efeito push up da lingerie Valège. “Finally Together” is the concept of one print ad and three TV spots showing the emotional reunion of two very peculiar characters: left and right breast. The metaphorical images with a touch of humor take advantage of the romantic mood of this special day to demonstrate what every woman knows: they are meant to be together” (Agência Marcel, Paris).

Marca: Valege. Campanha: Finally Together. Agência: Publicis, Espanha e Marcel, Paris. França, Fevereiro 2013.

Milagres carnais

O sexo continua a vender. Assumidamente. Neste anúncio, Boob Job, da Fiat, um homem, mal sabe que a mulher decidiu aumentar os seios (“hacer las lolas”), entra em órbita e sonha com mergulhos eróticos num colo avantajado. Esta imagem de um homem de palmo e meio a braços com um busto gigante não é original. O que não a impede de surtir o efeito desejado. O diálogo do casal pouco ou nada tem a ver com o Fiat Palio, a não ser ocorrer no seu interior. Um desencontro habitual que costuma funcionar bem.

Marca: Fiat. Título Boob Job. Agência: Leo Burnett Argentina. Direção: Lemon. Argentina, Maio 2012.