Húmus

José Saramago, Ensayo sobre la ceguera.

A Librería Española, do Equador, adoptou um método interessante para promover a leitura. Criou um diário sensacionalista composto por excertos de livros. O princípio é conhecido dos agricultores: as sementes germinam melhor onde há húmus ou, eventualmente, um simulacro de húmus. A alguns intelectuais custa-lhes perceber esta química. Tomam-se pelo húmus, pela semente, pela folha, pelo fruto e pelo sumo. Vêem-se a um espelho cego. O anúncio Best Sellers Amarillistas acarinha José Saramago de um modo impressionante: O Ensaio sobre a Cegueira partilha o pódio com As Cinquenta Sombras de Grey, de Erika Leonard James, e O Principezinho, de Antoine Saint-Exupéry. Bem-haja! Por cá, húmus do costume.

Marca: Librería Española. Título: Best Sellers Amarillistas. Agência: McCann Quito. Direção: Javier Cotrona. Equador, Maio 2014.

Etiquetas:, , , , , ,

About tendências do imaginário

Sociólogo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

<span>%d</span> bloggers like this: