A Espada, a Taça e o Crisântemo

dvorak

Antonin Dvoràk.

A Sinfonia do Novo Mundo (1893), do checo Antonin Dvoràk, é uma obra empolgante. Prefiro, no entanto, As Canções que a Minha Mãe me Ensinou (1880), da série Canções Ciganas, marcadas pela serenidade. Conquista ou apaziguamento, a espada ou a taça? Nos baralhos de cartas espanhóis, as copas são ilustradas com taças e as espadas, com espadas. A Sinfonia do Novo Mundo lembra uma espada em movimento e As Canções que a Minha Mãe me Ensinou, uma taça acolhedora. Ruth Benedict diria um crisântemo (O Crisântemo e a Espada, 1946). Seguem As Canções que a Minha Mãe me Ensinou, com Joshua Bell ao violino, e um excerto da Sinfonia do Novo Mundo, interpretada pela Chicago Symphony Orchestra.

Joshua Bell. Antonin Dvorak. Songs my mother taught me. 1880.

Antonin Dvorak. Sinfonia do Novo Mundo. 1893. Mvt 4.

Etiquetas:, , , ,

About tendências do imaginário

Sociólogo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: