Anamorfose

Quando uma imagem à primeira vista estranha e deformada se torna nítida e significativa sob determinado ângulo ou mediante determinado instrumento, estamos perante uma anamorfose. Um dos casos mais célebres é a caveira do quadro Os Embaixadores (1533), de Hans Holbein. Este vídeo, “Qui Croire” (2011), de François Abélanet, apresenta uma anamorfose grandiosa, feita à escala da Place de l’Hotel de Ville, em Paris.

Etiquetas:, , , ,

About tendências do imaginário

Sociólogo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: