Meio cheio

A filantropia parece  insinuar-se na moda. Há dias a Coca-Cola, agora a Nokia, ambas a pintar-nos como anjos aureolados de optimismo. O que não é incompatível com os ventos de crise que nos fustigam. Não, não é! Assim rezam  os oráculos: Émile Durkheim e Raymond Boudon constam entre os sociólogos que abordaram este paradoxo (por que é que há mais suicídios em períodos de crescimento económico do que em períodos de crise?). Corações ao alto! Corações abertos…

Repare-se, já agora, no protagonismo crescente das letras no desenho do ecrã.

Produto: Nokia Lumia. Título: Little Amazing Show, Berlin. EUA, Janeiro 2012.

Etiquetas:, , , , , ,

About tendências do imaginário

Sociólogo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: