Tag Archive | Janis Joplin

O luxo do subterrâneo

Janis Joplin.

Uma realidade puxa outra, que entra sem pedir licença. A associação espontânea é um dos processos mentais que menos controlamos. Ana Popovic lembrou-me Janis Joplin. Por quê? À partida, não sei. Talvez o blues feminino. Talvez a raiva de cantar. Não sei! Lembrou, e isso é que interessa. Não se trata de uma comparação. É uma centelha na bonança. Um relâmpago de sentido. Tudo me lembra alguma coisa. O luxo do subterrâneo.

Janis Joplin. Ball and Chain. Cheap Thrills. 1968. Ao vivo em Monterey (1968).

O dia das coisas boas

Janis Joplin

Janis Joplin

Ouvi dizer que hoje é o Dia Internacional das Coisas Boas. The International Day of Good Things – IDGT! Lembrei-me de partilhar tangerinas ou grelos. Andam muito bons. Ou uma cerveja, é sempre uma coisa boa. Mas parece que não dá para partilhar tangerinas, grelos e cerveja na Internet. Partilho, por isso, um vídeo musical: Janis Joplin canta Ball and Chain em Monterey no ano de 1967.

Janis Joplin. Ball and Chain. Monterey. 1967.

O importante é a rosa

The Rose

Ao domingo, costumo ouvir mais música. Novidades e velharias. Normalmente, vencem as novidades, mas, hoje, estão a ganhar os vinis. Pouco importa, desde que não tome as bolotas por amendoins. The Rose é a banda sonora de um filme estreado em 1979, um tributo a Janis Joplin, com Bette Midler como protagonista. Considero-o o último grande musical rock com raízes em Woodstock. A canção, The Rose, foi retomada, recentemente, pelos Westlife. Opto pela Bette Midler.

Vi o The Rose no Kinopanorama, em Paris, num ecrã curvo gigantesco, com 24 metros de base e um som colossal. Nesse ano, 1979, voltei para ver O Tambor, uma experiência esmagadora. O Kinopanorama fechou em 2002. Sobre esta sala de cinema: http://cinematreasures.org/theaters/7315.

Bette Midler. The Rose. The Rose. 1979

Instrumental de Janis Joplin

Janis Joplin

“Apetece-me algo!” Por exemplo, uma música instrumental de Janis Joplin. Instrumental? Sem aquela voz? Não é uma barbaridade? No planeta dos macacos, ser bárbaro é ser humano.

Janis Joplin. Pearl (Instrumental). 1970. The Pearl Sessions. 2012.