Tag Archive | exclusão

A Bela e o Sem-abrigo

Todo o fim-de-semana dedicado a fazer relatórios! Os relatórios não são bens transaccionáveis, pois não? Ninguém os compra. É uma pena! Estamos a ficar peritos. Enquanto o escriba folga e o relatório espera, aqui vai um anúncio argentino de 1995. A resolução da imagem não é a melhor, mas a obra não perde. Lembram-se dos contos da Bela e do Monstro e do Príncipe Sapo? Pois voltarão a lembrar-se com este beijo de uma jovem a um sem-abrigo. O sapo e o monstro saberiam beijar assim? Trata-se de um anúncio desconcertante, que nos causa estranheza e desconforto e com estranheza e desconforto nos deixa.

Anunciante: Fundación Vida. Título: Kiss. Agência: Agulla & Baccetti. Direção: Pucho Mentasti. Argentina, 1995

Como os outros…

Caiu mais uma estrelinha no sapatinho, desta vez vinda de Israel. Deve ser obra dos reis magos. Não há birra contra a publicidade de sensibilização que resista. Este anúncio é um primor. Oportuno na paródia, certo no modo, ajustado no tempo e no ritmo. Embora curto (menos de 30 segundos), sabe demorar-se na eloquente expressão facial da personagem. Fica-nos a impressão de que a mensagem não podia ser mais bem embalada: “Thank you for treating us like regular people”. Soberbo!

Marca: Akim. Título: Restaurant. Agência:  Shalmor Avnon Amichay/Y&R Interactive Tel Aviv. Direção: Gil Levanon. Israel, Dezembro 2011.

Apagar para recomeçar

Como é bom aconchegarmo-nos no imaginário com as fagulhas do Natal a aquecer-nos o corpo por fora e a alma por dentro. Por um tempo, naturalmente, que o espírito de Natal dura pouco, como uma peça de roupa que nos é dado provar mas não vestir. Interessante, este espírito do Natal! Tanto nos concentramos no espírito do capitalismo, o velho e o novo, que nada sobra para o espírito do Natal. Pois este anúncio de sensibilização norueguês tem um toque natalício de estranha beleza. A técnica e o procedimento não são novos; são-no, no entanto, o conceito e o efeito. Quanto à mensagem, “it’s never too late to help someone on the right track. We need more foster families to youths between the ages of 15 and 17”. Nem sempre aprecio os anúncios de sensibilização, mas este vou colocá-lo no sapatinho.

Anunciante: Norwegian Directorate for Children. Título: It’s never too late to help someone on the right track. Agência: TRY & APT. Noruega, Dezembro 2011.