Tag Archive | corrida

Corrida de ecotaxis

Cycle rickshaw

Há quem goste de cerveja com amendoins, tremoços ou camarão da costa; prefiro com humor. O anúncio The Race, da beIN SPORTS, é generosamente oriental. Um humor franco e aberto, abdominal, mais gargalhada do que contracção facial. Narrativa curta, sem subentendidos. Aposta na imagem. Parafraseando René Descartes (“le bon sens est la chose du monde la mieux partagée (Discours de la Méthode, 1637), o humor é a coisa do mundo mais bem repartida. Há quase tantos tipos de humor e de riso quantas as formas de estar no mundo: negro, amarelo, azedo, doce, picante, envergonhado, ingénuo, cínico, sobranceiro, tímido, farto, enigmático, grotesco, trágico… Afigura-se-me que também existe um humor oriental.

Este anúncio confirma que os países do extremo-oriente cultivam a paixão pelo futebol; apreciam a selecção portuguesa; e admiram Cristiano Ronaldo, a mudança mais rápida da corrida de ecotaxis (cycle rickshaws).

 

Marca: beIN SPORTS. Título: The race. Agência: RedDot. Direcção: Mike Harvey. Singapura, Agosto 2017.

A galope sobre esquis

canon-come-and-see

Há anúncios que sabem esperar. Este é sublime, com imagens magníficas que alternam fragmentos inquietos e paisagens imponentes. Um épico com um cavalo e um paladino sobre esquis. Com a qualidade Canon.

Marca: Canon. Título: Skijoring – Come and see. Agência: JWT London. Direcção: Marcus Soderland. UK, Novembro 2015.

Os cães também sonham

Purina imagem

“Há muitos défices, mas talvez o mais importante neste momento seja o do sonho” (Manuel Alegre, DN, 16 de Abril de 2012).

Quatro patas aerodinâmicas e um pau. O pau é para o dono. Quanto maior melhor! Eis o sonho canino! Os cães sonham. O meu país, não sei!
Encontrei este anúncio nas catacumbas do grande arquivo electrónico. Bela fotografia, sequências magníficas, principalmente, na versão alargada (60 em vez de 30 segundos). Seleccionar HD.


Marca: Purina Pro Plan. Título: Fecht. Agência: Leo Burnet Chicago. Direcção: David Frankham. USA, 2013.

Correr ao ritmo da vida

pursue-desert-01A era digital alterou o trabalho, desenraizou-o. Perdeu local, horário e fronteira. As plataformas eletrónicas impõem-se como dispositivo de agenda e disciplina. São para a organização do trabalho atual o que a cadeia foi para o fordismo. Não há modo de desligar! Vêm estes desvarios a propósito de um anúncio a uma universidade: The University of Western Australia. Destaco dois eixos. Primeiro, a ideia, corrente, de que a luta pelo sucesso reside, principalmente, numa competição consigo próprio (a protagonista corre sozinha). Não se mover é parar o mundo. Segundo, a universidade deve estar em concomitância com o seu tempo (a protagonista corre no mundo actual). Nem atrás, nem à frente. Em sincronia. O impossível mora no presente à espera de ser conseguido. Há universidades que se querem à frente do seu tempo, tentadas a surfar muito à frente das ondas, porventura, no areal. Não desfazendo, este ímpeto visionário tem proporcionado um truculento caldo de asneiras. De tanto erguer a cabeça, descura-se onde pôr os pés. A University of Western Australia ocupava, em 2014, a posição 88 no Academic Ranking of World Universities (a Universidade do Porto situava-se entre 301 e 400). Estar no seu tempo não significa estar parado. O anúncio, com a ajuda da música, tem, aliás, um ritmo alucinante.

Marca: The University of Western Australia. Título: Pursue Impossible. Agência: The Brand Agency Perth. Direcção: Grant Sputore. Austrália, Maio 2015.

We Robots

Personagens fabulosas, carnavalescas. Extensões do corpo, hologramas, levitação, bocas, controlo remoto e corrida de galgos mecânicos num deserto de sal. Música dos Swedish House Mafia. Este anúncio da vodka Absolut é um saboroso cocktail grotesco servido numa taça barroca.

Marca: Absolut. Título: Greyhound. Agência: TBWA\Chiat\Day. Direção: Carl Erik Rinsch. EUA, Março 2012.