Nelson Ned. “Cantigas do andarilho”

Nelson Ned. Tudo Passará. 1969.

Vadio, por vício. Mas não flaneur, à maneira dos intelectuais parisienses que oscilavam entre o Quartier Latin, Montmartre e Montparnasse. Desejo perder-me. Num mundo maior que o mundo, sinto-me um ninguém infinito. Demando a cave para desempoeirar o esquecimento. Cabeça torta, olhar desfocado e corpo desequilibrado, não espero acertar no paraíso, terreno ou celestial. Nem com a ajuda de um andarilho. O paraíso terreno está talhado para quem, lanço a lanço, sobe as escadas do tempo.

Nelson Ned, cantor e compositor brasileiro, media 90 cm. Foi o primeiro latino a ultrapassar o milhão de discos nos Estados Unidos. Canções como Tudo Passará e Domingo à Tarde são ecos da atmosfera sonora dos discos pedidos, das quermesses e dos altifalantes da minha juventude. São músicas que a idade canta. Pautas de felicidade.

Nelson Ned. Tudo Passará. Tudo Passará. 1969.
Nelson Ned. Domingo à tarde. Tudo Passará. 1969.

Etiquetas:, ,

About tendências do imaginário

Sociólogo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

<span>%d</span> bloggers like this: