Que uma bela morte toda a vida honra!

circa-1500-o-lusitanoFelizes os tempos que ofuscam o passado; deles será o reino do espelho! Períodos houve, na idade média e no renascimento, em que a música portuguesa constava entre as melhores. Atente-se, por exemplo, na folia. Ironia à parte, Puestos están frente a frente canta a batalha de Alcácer-Quibir (1578), louva “Sebastião, o Lusitano”. Termina com uma citação de Petrarca: “Que uma bela morte toda a vida honra”. Aparece transcrita pela primeira vez na Miscelânia (1629) de Miguel Leitão de Andrada. Foi interpretada e gravada por vários grupos nacionais e estrangeiros.

O Lusitano: Portuguese Vilancetes, Cantigas And Romances. Gérard Lesne & Circa 1500. 1992.

Etiquetas:, , , , ,

About tendências do imaginário

Sociólogo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: