Triangulação

” Pour le parfait flâneur, pour l’observateur passionné, c’est une immense jouissance que d’élire domicile dans le nombre, dans l’ondoyant dans le mouvement, dans le fugitif et l’infini. Etre hors de chez soi, et pourtant se sentir partout chez soi ; voir le monde, être au centre du monde et rester caché au monde, tels sont quelques-uns des moindres plaisirs de ces esprits indépendants, passionnés, impartiaux, que la langue ne peut que maladroitement définir” (Charles Baudelaire, Le Peintre de la vie moderne, 1ª ed. 1863).

 Vadiando, também se descobre. Por exemplo, em bases de dados estrangeiras, anúncios portugueses nacionalmente eclipsados. Este Adultério (2002), da Câmara Municipal da Maia, para promoção do teatro, conta uma história, em ritmo acelerado, que não é simples. Um concentrado de humor que adultera o adultério. Uma farsa de triângulo amoroso.“O riso é quem mais ordena” (José Leitão: http://cultura.maiadigital.pt/eventos/festival-internacional-de-teatro-comico). Para aceder ao anúncio carregar na imagem.

Adultério

Anunciante: Câmara Municipal da Maia. Título: Adultério. Agência: McCann Erickson. Portugal, 2002.

Etiquetas:, , ,

About tendências do imaginário

Sociólogo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: