A havaiana: um passo para a humanidade

A paródia é uma tentação para a publicidade. E Gulliver oferece-se como um petisco que combina vários traços do imaginário. Mas, neste anúncio, o que mais sobressai é a sequência final: um homem contempla uma havaiana gigante enterrada na areia. Lembram-se do momento final do primeiro O Planeta dos Macacos? A gente lembra-se de cada uma! Dá para espreitar?

Marca: Honda Acura.Título: Gulliver, Chariot. Agência: Rp & Station Films. Direção: Dom & Nic. EUA, Abril 2012.

O Planeta dos Macacos, 1968, sequência final

Etiquetas:, , , ,

About tendências do imaginário

Sociólogo.

2 responses to “A havaiana: um passo para a humanidade”

  1. Célia Regina de Oliveira says :

    Gosto muitíssimo deste espaço de criação, é inteligente, sensível e contribui para o nosso conhecimento.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: