Tag Archive | Saatchi & Saatchi

Son Goku em trajes menores

TootOs japoneses não enjeitam desafios. Quando todos apostam no presente, convém que alguém se preocupe com o futuro. Sem a devida casca, a árvore não sobrevive. Eis um homem objeto numa peça de realismo grotesco. A Victoria’s Secret que se cuide! Nem sequer a referência ao filme Laranja Mecânica, através da abertura da ópera Guilherme Tell, de Rossini, faltou!

Marca: Toot. Título: Keep et all together. Agência: Saatchi & Saatchi Fallon (Tokyo). Japão, Dezembro 2014.

O Ceptro e a Misericórdia

EverynoneLosers02-580x325O canal de música Vh1 acaba de lançar um anúncio (um vídeo musical com a canção I Will Survive de Gloria Gaynor) que é, à primeira vista, um manifesto contra o bullying. O próprio conceito resulta alargado: vítima, hoje; patrão, amanhã. Um bullying a dois tempos, invertido e compensado, como apraz ao nosso sentido de justiça. “Quem com ferro mata, com ferro morre”. Este anúncio não parece relevar de uma campanha anti bullying consequente. A vingança, serve-se fria? Quantas vítimas de hoje serão patrões amanhã? Sentam-se, como mártires contemporâneos, à direita do Poder? O bullying é uma fatalidade contra a qual nada se pode fazer a não ser estetizá-la?
Alto e pára a crítica! Por que motivo haveria o Vh1 de lançar uma campanha efectiva contra o bullying? É, por acaso, uma entidade oficial ou oficiosa financiada para o efeito? Não são as audiências que movem o Vh1? A miscelânea entre lucro e misericórdia corrente na publicidade “responsável” traz-nos vesgos e confusos. Torna-se cada vez mais penoso destrinçar o dedo de Deus do rabo do Diabo. São Bartolomeu nos valha! Em suma, um anúncio bem concebido e bem realizado, com um não sei quê de polémica que o vai tornar viral. Acrescento um segundo vídeo, dos Everynone, contra o bullying, num registo social e estético distinto.

Marca: Vh1. Título: I will survive. Agência: Delcampo Saatchi & Saatchi. Direcção: Agustin Alberdi. Argentina, Abril 2014.

Losers. Por Everynone e Époché Films. Música: Keith Kenniff. Produtores: Jon Messner, Alexandra Brown e Brielle Murray. 2011.

 

A felicidade é uma flor caprichosa

DearFutureMom

“O bom senso é a coisa que, no mundo, está mais bem distribuída (…) o poder de bem julgar, e de distinguir o verdadeiro do falso que é aquilo a que se chama o bom senso ou a razão, é naturalmente igual em todos os homens” (Descartes, Discurso do Método).

A felicidade não é como o bom senso cartesiano. É, antes, como o amor pascaliano: “não tem idade, está sempre a nascer” (Blaise Pascal, Discours sur les passions de l’amour). A felicidade é caprichosa. Tem, sem dúvida, condicionantes, mas não tem lugar, nem mestre. Não tem caminho, nem ponto fixo. Não se decreta, nem se prescreve. Como é voz comum, não se compra. Surpreende. Cresce e murcha como uma flor sem jardim. A felicidade não é um estado, é um movimento. É a alma a fazer surf na espuma dos dias.

Anunciante: World Down Syndrome Day. Título: Dear Future Mom. Agência: Saatchi & Saatchi. Direcção: Luca Lucini. Itália, Março 2014.

A lição do macaco

Operação Sorriso. Continue MacacoEste anúncio brasileiro, para a Operação Sorriso, cria impacto: dá para entender e para sentir. Pelos vistos, o macaco que fomos está a perder qualidades de solidariedade que o macaco que não somos soube preservar. Os macacos ao poder! Só é de lamentar que a circulação das elites esteja congestionada…

Anunciante: Operação Sorriso. Título: Continue macaco. Agência: Nazca Saatchi & Saatchi, São Paulo. Direção: Márcio Leitão. Brasil, Novembro 2013.

Surreal

Os mundos fantásticos abrem-se com um gesto mágico. Receita velha, mas não gasta. Ainda compensa. A fantasia é experiência, azoto, aqua fortis, alquimia, centelha que acende a vontade. A fantasia não é real? E depois? E original? A imensidão do património da fantasia dificulta originalidades sem precursores. A não ser que haja mão brasileira!

Marca: Trident. Título: Pet Store. Agência:  F/Nazca Saatchi & Saatchi, Brazil. Direção: Jones+Tino. Reino Unido, Outubro 2012.

O Gato Fisgado

Confrontados, neste anúncio neozelandês, com o percurso acidentado de um gato tomado de amores por um Toyota Corolla, acode-nos uma dissonância sentimental, misto de entusiasmo e de pena. Valem ao bicho as sete vidas bipolares de um felino zombie pinga-amor eventualmente pelado. Em suma, o humor e a compaixão de braço dado na promoção de um automóvel.

Marca: Toyota Corolla. Título: Cat. Agência: Saatchi & Saatchi New Zealand. Direção: Hamish Rothwell. Nova Zelândia, Outubro 2012.

Guarda-chuva

yoplait-yoghurt-umbrellas-600-25574

Magritte. Les Vacances de Hegel. 1958.

Magritte. Les Vacances de Hegel. 1958.

O guarda-chuva não é um objecto qualquer. Consagrado por René Magritte, o guarda-chuva é bom para a imagem e para o imaginário: protege-nos dos céus.

Muitos anúncios recorrem à figura do guarda-chuva, nomeadamente no âmbito de coreografias. É o caso deste novo anúncio da Yoplait.

Tanto guarda-chuva e nenhum preto! Black is the color of my true love’s hair.

 

Marca: Yoplait. Título: Umbrellas. Agência:  Saatchi & Saatchi New York. Direção: Eli Sverdlov. EUA, Setembro 2012.

 

O mundo é injusto com os obesos

Existem desigualdades de classe, de raça e de género. Mas subsistem outras fontes de desigualdade com impacto na vida das pessoas. Por exemplo, a aparência física, nomeadamente a beleza e a obesidade. Que saiba, ainda não há Marx, Fanon ou Sand que denuncie estas desigualdades. Algumas campanhas atuais contra a obesidade lembram, com mais ou menos terapia, as campanhas contra os pobres dos tempos de Malthus. Este anúncio da Mind & Care é ambivalente: por um lado, integra, a não ser mais pela sua atividade, a campanha contra a obesidade; por outro lado, ilustra admiravelmente a discriminação quotidiana de que são alvo os obesos. “The world’s unfair to the oversized”. Lembrete: se carregar em HD no canto superior direito, a qualidade do vídeo melhora.

Anunciante: Mind & Care Weight Control Center. Título: Elevator. Agência: Saatchi & Saatchi (Bangkok). Tailândia, 2001.

Amizade sobre rodas

Há anúncios que não mostram o produto. Já se sabe! Há anúncios que convocam maus sentimentos e péssimos valores (e.g, anúncios do Ford Sport Ka). Já se sabe! Há anúncios que em vez do produto mostram maus sentimentos e péssimos valores. Fica a saber-se! Mas contam uma história, entranham-se e vendem!

Marca: Toyota Yaris. Título: Friends. Agência:  Saatchi & Saatchi, Puerto Rico. Direção: Cali Ameglio. Porto Rico, Maio 2012.

Marca: Ford Sport Ka. Título: Bird/Cat. Agência: Ogilvy & Mather. UK. 2004.