Tag Archive | McCann

Burla assistida

YesMuitas agências de publicidade apostam numa história com final inesperado, desconcertante e com uma subversão de valores. No respeito, porém, das regras da realidade e da razão. Este anúncio israelita é um must. Sugere-nos que uma velhinha em apuros e um jovem adulto são, respectivamente, o isco e o lorpa perfeitos.

 

Marca: Yes. Título: Old Lady. Agência: McCann Erickson, Tel Aviv. Direção: Shahar Segal. Israel, Março 2014.

 

Indefinição e instabilidade

zona-jobs-lottery

Máscaras estilizadas, parcas em feitio e expressão. Repetitivas e incómodas. São disfóricas. A inquietação não precisa de grandes atavios para se instalar. Um monstro, quanto menos definido, maior o efeito, perdão, pior o efeito. A propósito da “coisa” (The Thing, John Carpenter, 1982), um ser de substância improvável, Omar Calabrese escreve: “a coisa não tem uma forma autónoma, mas as suas células imitam as dos seres que lhe passam mais perto, até as engolirem e se transformarem nelas. O que faz que, quando a coisa é enquadrada, seja na realidade ora um cão, ora um membro da expedição” (A Idade Neobarroca, Lisboa, Edições 70, 1999, p. 109). O monstruoso reconhece-se, mas desconhece-se. E quanto mais se desconhece, maior a monstruosidade. Em suma, um anúncio excelente!

Marca: Zona Jobs. Título: Lottery. Agência: McCann, Buenos Aires. Direcção: Turbo Trueno. Argentina, Fevereiro 2014.

A Beata e o Extase

E-LitesBeata após beata, o pai apaga-se nos cigarros . O filho, dançarino precoce, bebe água Perrier. O pai não sabe. Fuma nos  intervalos da vida. À mãe não escapa nada.

Marca: E-Lites. Título: Gangnam Baby. Agência: McCann Birmingham. Direção: Chris Balmond. Reino Unido, Janeiro 2013.

Figuras decorativas estimulantes

As figuras decorativas estimulantes estão de volta. Melhores que as bailarinas das caixinhas de música. É verdade que nunca chegaram a desaparecer. Mas estão de volta! Um homem, uma mangueira e meia dúzia de mulheres empenhadas numa limpeza dançada do motor… Não comento mais! Mas lembro-me. Lembro-me das cinco figuras decorativas com instrumentos musicais do vídeo Addicted to love, de Robert Palmer (1986). O mesmo ritmo, os mesmos gestos, os mesmos efeitos…

 

Marca: Rompetrol. Título: Machine Maids. Agência: Mccann Pr Romania. Direção: Peter Dietrich. Roménia, Novembro 2012.

Robert Palmer. Addicted to Love. 1986.

Magia

As ideias simples são como sementes de diamante: puras, cristalinas e brilhantes. O mundo da publicidade é dos mais ávidos em criatividade. É, porventura, aquele que, todos os dias, mais criatividade consome. Alguns dos melhores anúncios decorrem de ideias simples bem exploradas. Como este anúncio da Wideroe que lembra, bastante, o anúncio Passage, da Air France, realizado por Michel Gondry (https://tendimag.com/2011/09/15/um-voo-sem-asas/).

Marca: Wideroe. Título: Grandpa´s Magic Trick. Agência: McCann Oslo. Direção: Marius Holst. Noroega, Setembro 2012.