Tag Archive | carro

O carro do morto

the-belles-heures-of-jean-de-france-duc-de-berry-herman-paul-and-jean-de-limbourg-franco-netherlandish-active-in-france-by-1399-14162

Les Très Riches Heures du Duc de Berry, pelos Irmãos Limbourg, activos em França entre 1399 e 1416.

Que mais desejar no momento da partida? Uma boa cerimónia fúnebre, cântico, a presença dos próximos e uma viúva inconsolável, não com despedida do falecido mas com a perda do automóvel. Como última vontade, o falecido conduzirá no além. Um memorável momento de humor macabro.

Com o devido recolhimento, acrescento a canção In the death car (Arizona Dream, 1993), de Goran Bregovic. “In the death car we are alive”.

Marca: Infiniti. Título: Eulogy. Agência: TBWA. Direcção: Joe Pytca. USA, 1997.

Goran Bregovic. In the death car, Arizona Dream, 1993. Ao vivo em Poznan, 1997.

Linhas

hero-nadadoraUm “belíssima” anúncio da Peugeot. A raiar o mítico e o cósmico. Ela, terra; o carro, fogo, a água, água; a respiração, ar. O mergulho é fantástico. Lembra aquilo que nunca vimos: a Atlântida. O tridente de Neptuno, em vez da tocha da estátua da liberdade, indicia o fim de uma civilização. E um recomeço: o Peugeot 208, beleza e economia. Entretanto, nem sombra de carros nem de pessoas. O efeito é íntimo, com música a condizer.

Marca: Peugeot. Título : Nadadora. Agência : BETC São Paulo. Direcção: Marcello Lima. Brasil, Novembro 2016.

Dissonâncias

land-rover-genuine-parts-crocodile-600-75576“Neste limbo de indefinição tudo é possível, em particular recompor e contrabandear realidades. Resultam, assim, procedimentos correntes a aproximação de entidades distantes (por exemplo, humanos com cabeças de animais) ou a deslocação de objectos de uma ordem de realidade para outra, proporcionando, deste modo, combinações ou cotejos insólitos” (Albertino Gonçalves, O Delírio da Disformidade. O corpo no imaginário grotesco.pdf).

As dissonâncias provocam riso ou medo. Às vezes, riso e medo. São aberrações. Para ilustrar o modo como a parte (uma peça não genuína) pode alterar o todo, a Land Rover recorre a uma campanha baseada em dissonâncias óbvias e breves: um leão a cantar de galo, um crocodilo a latir e uma águia a balir.

Marca: Land Rover. Título: Genuine Parts – Lion. Agência: Y&R Johannesburg. África do Sul, Junho 2015.

Marca: Land Rover. Título: Genuine Parts – Croc. Agência: Y&R Johannesburg. África do Sul, Junho 2015.

Marca: Land Rover. Título: Genuine Parts – Eagle. Agência: Y&R Johannesburg. África do Sul, Junho 2015.

Pinguinhas

Palais Lallemant, Bourges - Angelo & Sabot

Palais Lallemant, Bourges – Angelo & Sabot

Já que a gente não o faz, ao menos os carros! Um consolo motorizado.

Marca: Toyota. Título: Crazy. Agência: Saatchi & Saatchi Dusseldorf. Direção: Lewi. Alemanha, Setembro 2014.

A mulher, o carro e o futuro

ford-reading-your-mindEste anúncio brasileiro esclarece o motivo por que as imagens do carro e da mulher andam tão associadas. Para poupar os neurónios dos homens! Real ou imaginada, a figura da mulher acaba por se insinuar. Certificam-no  as experiências do futuro que, para quem anda inclinado para a frente, têm muito mais credibilidade do que as experiências do presente.


A corrida mais louca

peugeotO novo Peugeot 208 corre contra os heróis de a corrida mais louca do mundo, um desenho animado criado pelos estúdios Hanna-Barbera em 1968. A publicidade bebe, com desenvoltura, em qualquer fonte. Desta vez, recorre a um desenho animado que marcou uma geração.

Marca: Peugeot. Título:  Wacky Races, Agência:  Partizan Y&R Sao Paulo. Direção: Antoine Bardou-Jacquet. Brasil, Abril 2013.

A corrida mais louca do mundo. Introdução.

Parkour: A Liberdade em Movimento

Land Rover. Roam FreeHoje, propomos um parkour a quatro, quase dança ao ar livre, temperado com slow motion e com o toque de Noam Murro. Um anúncio da Land Rover. Viram o carro? Não é preciso, basta sentir… O que interessa é a matriz, sugerida pela alegoria. Quatro jovens (4×4 versão humana) entregam-se a um Free Running (modalidade mais artística do parkour). Vencem todos os obstáculos em todos os terrenos, com prazer, em liberdade e em beleza. O resto é boa música: Johann Sebastian Bach, mais uma componente barroca.

Marca: Land Rover. Título: Roam Free. Agência: Y&R New York. Direção: Noam Murro. USA, Abril 2013.

Imaginação infantilizada

Kia Sorento. Space BabiesÉ preciso muita imaginação para explicar às crianças aquilo que elas já sabem. É preciso ainda mais imaginação, não para imaginar, mas para perceber a realidade. O que tem o Kia Sorento a ver com a “Babylandia”? Bons amortecedores? Não, um bom leitor de música.

Marca: Kia Sorento. Título: Space Babies. Agência: David&Goliath, USA. Direção: Jake Scott. EUA, Janeiro 2013.

Sentados sobre Rodas

Audi. Italia Land of QuattroOs anúncios a automóveis formam um mundo à parte. Destacam-se como os mais prendados em recursos humanos, técnicos e criativos. Teimam em tomar-nos por crianças. Crescidas, claro, para mitigar a regressão. Mas as crianças são distintas. O anúncio do Nissan Patrol é filho dos espaços abertos. Potência, técnica e performance, com a nona de Beethoven (versão Wendy Carlos do filme Laranja Mecânica?) promovida a gadget instrumental. Já o anúncio do Audi Quattro nasceu bambino d’oro, figura mítica da cultura italiana. Raça, cultura e arte com sentido de humor…

Marca: Audi. Título: Italia – Land of Quattro. Agência: Verba, Milan. Direção: Federico Brugia. Itália, Janeiro 2013.

Marca: Nissan Patrol. Título: Patrol vs Beethoven. Agência: Whybin TBWA Group Melbourne. Direção:  Dan Reisinger. Austrália, Janeiro 2013.

A Mulher, o Homem, o Carro e a Bebida

As relações de género, como todas as relações, conhecem fases e oscilações. Várias figuras podem ser revisitadas no espaço e no tempo. No anúncio da Hiunday, o efeito Axe passa dos desodorizantes para os automóveis. A mulher, tendência Eva, é desejo e tentação a um passo do pecado (ligar HD). No anúncio da William Lawson’s, a mulher, tendência Maria, serva do lar vestida de noiva, é afastada por uma fratria masculina de bebedores de Whisky. Mudam-se os tempos, renovam-se as vontades.

Marca: Hyundai. Título: Upskirt. Agência: Fitzroy, Amsterdam. Holanda, Setembro 2012.

Marca: William Lawson’s. Título: Wedding. Agência: Famous, Brussels. Direção: Koen Mortier. Bélgica, Setembro 2012.