Tag Archive | ambiente

A plastificação da inteligência

Le vent l’emportera
Tout disparaîtra
Le vent nous portera
(Noir Désir, Le Vent Nous Portera. Des visages des figures. 2001)

A plastificação dos oceanos inspira a publicidade. O anúncio espanhol da CREA, Sin Contaminación, e o anúncio Ocean of the Future, da Greenpeace, são disfóricos. Traçam um retrato cinzento da nossa irresponsabilidade. Para o anúncio Sin Contaminación, não estamos apenas a intoxicar o ambiente, intoxicámo-nos a nós próprios.

Sin contaminación

Marca: CREA. Título: Sin Contaminación. Espanha, Junho 2018.

Marca: Greenpeace. Título: Ocean of the Future. Agência: Ogilvy & Mather (London). Reino Unido, Abril 2018.

A fatrasia, estilo típico da Idade Média, alinha frases sem nexo. Mistura alhos com bugalhos num discurso sem sentido aparente. Gosto da fatrasia. Prefiro a paella ao puré. Por quê acrescentar o vídeo musical Le Vent Nous Portera, dos Noir Désir? Passa-se numa praia. É disfórico e estranho, um “bouquet de nerfs”. É percorrido por um sentimento de ameaça, sem como nem quando. Se isto não é suficiente para justificar o vídeo musical, acrescento que gosto dos Noir Désir! Gostar é o melhor passaporte para qualquer lugar e qualquer viagem.

Noir Désir, Le Vent Nous Portera. Des visages des figures. 2001.

Muitos anúncios do Tendências do Imaginário são filhos da pressa e do desperdício. O anúncio Sin Contaminación, consistente e original, merecia um comentário mais circunstanciado. O mesmo vale para o vídeo Le Vent Nous Portera, um filme subtil, um bom exemplar da canção francesa, com uma letra que se emancipa da estética do belo. Ando sobreocupado a perder tempo. A minha escrita parece o inverso de uma sopa de pedra: um calhou no fundo de um pote sem sombra de acompanhamento. Sem empratamento, sem decoração que disfarce e eufemize o mundo. Surpreendo-me, às vezes, a pintar cenários insensatos: com o vento actual, preocupa-me a plastificação dos oceanos, mas não me preocupa menos a plastificação da inteligência.

Lições de ecologia

toolatergram. 2018

“Todo o nosso progresso tecnológico, que tanto se louva, o próprio cerne da nossa civilização, é como um machado na mão de um criminoso.” (Einstein).

A causa ecológica requer pedagogia (#toolatergram). Um pouco de absurdo também ajuda (anúncio Don’t Upset Mama Nature).

Anunciante: WWF. Título: #toolatergram. Agência: TBWA Paris. França, Março 2018.

Anunciante: Keep New Zealand Beautiful. Título: Don’t Upset Mama Nature. Agência: FCB (New Zealand). Direcção: Justin Harwood. Nova Zelândia, Abril 2018.

Reparação

biodiversity-sparrow

Afinal, a sociedade actual não é apenas de prevenção. Afirma-se, cada vez mais, como uma sociedade de reparação. Do que desaparece, do que já não existe, do que morre. Excelente anúncio.

Anunciante: European Commission. Título: Biodiversity / The Sparrow. Agência: Ogilvy Brussels. Direcção: Toon Loenders. Bélgica, 2010. Música: Garden, Winter Family.

Silêncio

Estou cansado de falar e não tenho paciência para ouvir. Ler? Ler é acrescentar ao barulho das folhas o barulho das letras, até bocejar. Chegou a hora de embalar, de mansinho, o silêncio.
Carregar na imagem para aceder ao anúncio.

Bahr Loubnan

Anunciante: Bahr Loubnan. Título: Moment of Silence. Agência: H&c Leo Burnett. Líbano, 2005.

Ritmo e cor

House of Marley. The get together

Som, ritmo e cor! Desta vez, o melhor é deixar o corpo a dançar e a filosofar sozinho.

Marca: House of Marley. Título: The get together. Agência/produção: Psyop. USA, Julho 2014.

Terrivelmente delicioso

Peixe Leão. Colômbia
O anúncio Terribly Delicious incide sobre uma variedade de peixe que se tornou uma epidemia ambiental. Para o combater, nada como o transformar em petisco nacional. Coma-se a praga!

Por cá, também existem infestantes. Se nas águas do Pacífico prolifera o peixe leão, no nosso País, nada o peixe gato e engorda o peixe orçamento (budget fish). Falta-nos, no entanto, a voracidade colombiana. O peixe orçamento tira-nos o apetite.

Anunciante: Ministerio de Ambiente y Desarrollo. Título: Terribly Delicious. Agência: Geometry Clobal Colombia / Ogilvy & Mather. Direção: Agustin Calderon. Colômbia, Maio 2014.

A recriação do mundo

As marcas de cerveja têm queda para os anúncios épicos. Neste, um grupo de homens (re)anima ou (re)cria o mundo. Naquele tempo ainda não apareciam mulheres ou, pelo menos, não bebiam cerveja. Um anúncio merecidamente super premiado. Monumental, fantástico e refrescante.

Marca: Guinness. Título: Bring it to life. Agência: AMV BBDO, London. Direção: Johnny Green. Reino Unido, 2009.