Sarajevo

Max Richter.  Fotografia: Eric Weiss.

March 2012, Berlin. Max Richter. Fotografia: Eric Weiss.

Não me apetece trabalhar. Já dura há alguns dias. A preguiça, ao contrário da pasmaceira, ganha em ser confortada. Com música, por exemplo. A preguiça é uma pastagem generosa. Só o ignora quem nunca ruminou. Manhas da pós-inteligência. Trata-se de uma preguiça caprichosa. Não me impede, por exemplo, de teclar vigorosamente sem parar nas vírgulas. Mas não faço nada do que devo. Algo como uma greve da alma.

A filmagem do Sarajevo de Max Richter não é perfeita. Foi, no entanto, o melhor vídeo de interpretação ao vivo que encontrei.

Max Richter. Sarajevo. memoryhouse. 2002. Ao vivo, com Grace Davidson: 2016.

 

Etiquetas:, , ,

About tendências do imaginário

Sociólogo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: