Tag Archive | preservativos

Contacto à distância

Quino

Quino

Gregarismo humano: as pessoas têm tendência a fazer companhia a quem a tem; logo, a não fazer companhia a quem não a tem. Respeitamos a solidão.

Quem dera escrever como o Quino desenha. Um homem e uma mulher não param de falar ao telemóvel. Regressados a casa, permanecem em silêncio ou aproveitam o facto de estar juntos para cada um comunicar pelo telemóvel com outras pessoas. Estamos telemobilizados, formatados para o contacto à distância.

Se fosse o Quino, fazia dois desenhos: 1) uma série de ilhas, cada uma com uma pessoa a falar ao telemóvel; 2) um casal a dormir com a cabeça repousada em almofadas com forma de telemóvel. Como não sou o Quino, limito-me a partilhar anúncios publicitários. Existem muitos anúncios dedicados aos usos do telemóvel. Alguns, de consciencialização, encenam catástrofes, designadamente acidentes rodoviários. O motivo dos anúncios da Levi’s e da Durex afigura-se-me mais interessante e, porventura, mais grave: a insularidade afectiva do ser humano.

Este artigo nasceu pequeno. Para não descarregar a bateria.

Marca: Levi’s. Título: Sea of Blue. Agência: FCB West. Estados Unidos, Fevereiro 2017.

Marca: Durex. Título: Turn off to turn on. Internacional, Março 2014.

Camas de perdição

Este anúncio é uma relíquia. É do século passado. Nesse tempo, ainda havia subsídio de férias e 13º mês para todos os trabalhadores e a palavra “adaptação” não queria dizer coisas feias. Mas voltemos ao anúncio. Um vintage de 1988, com leve travo a Alfred Hitchcock. Bem congeminado e bem concretizado. Camas há muitas! Preservativos também!

Camas de perdição

Anunciante: Australian National Council on Aids. Título: Cover yourself against aids. Agência: Magnus Mankervis & Curl. Austrália, 1988.