Tag Archive | nascimento

Legado

Mordillo. Futebol e Cartuns (Panda Books, 2015)

Um velho, de aparência modesta, recebe uma chamada e sai apressado de casa, a pé e de autocarro, ao frio, com um pequeno embrulho debaixo do braço. Depara-se com outro velho, de aparência abastada. Dispensa o elevador, corta por corredores e escadas. Mas chega a tempo: o neto recém-nascido ostenta a camisola do Atlético de Madrid quando entra o segundo avô com a camisola, pressupõe-se, do Real Madrid. O anúncio, mudo, perfilha a crença segundo a qual “o Real Madrid é associado a uma torcida mais elitista, enquanto o Atlético é visto como um clube de torcida mais popular”. A ideia tácita de uma filiação clubística familiar, de geração em geração, justifica um inquérito.

Marca: Atlético de Madrid. Título: Otra forma de entender la vida. Agência: Sra. Rushmore. Espanha, Dezembro de 2019.

O valor da vida!

Singapore Life

O Tendências do Imaginário devia chamar-se Cemitério. Imagens e mais imagens da morte. Mas não é um caso isolado. A propaganda do Estado & Cia também aposta na imagem da morte. Não tenho memória de propaganda com tantas imagens da morte, em circulação quase infinita, como as fotografias dos maços de tabaco. Uma galeria macabra. Existe tanta morte na propaganda de Estado & Cia: morte na prevenção rodoviária, morte no álcool, morte na droga, morte na sida, morte na violência doméstica, morte no uso do telemóvel… De tanta imagem da morte, o que se retém? A imagem da morte. A caravana passa e os esqueletos ficam. Em tempos, o grande leiloeiro da morte era a religião. Estou convencido que, no nosso tempo, o grande leiloeiro da morte é o Estado & Cia. Requiem em cima de requiem, nem sempre bem musicados. Se desejamos mensagens de esperança, confiança, libertação, amor e vida, o mais avisado é procurar noutro lado. No sector privado. O anúncio Birth, da seguradora SingLife é um excelente exemplo de como se pode promover, inequivocamente, o valor da vida. Uma última observação: algumas imagens do anúncio são pungentes, mas, por enquanto, não existe outro modo de produzir seres humanos. Todos o sabem, mas alguns esquecem-no.

Marca: SingLife. Tema: Birth. Agência: Dentsu. Direcção: Hailey Michelle Bartholomew. Singapura, Outubro 2017.

All you need is love

Fisher PricePoucas horas após a publicação do artigo O fetichismo da mercadoria, o novo anúncio da Fisher Price vem a preceito: “Wishes for Baby” é o paroxismo do espírito de entrega e de partilha. Recém-nascidos durante a passagem de ano foram filmados em nove hospitais de sete países: Brasil, Estados Unidos, Japão, México, Quénia, Bangladesh e Polónia. Nos primeiros momentos pós-parto, o que desejam as mães para os filhos? Esta exortação ao mandamento novo tem a ver com a quadra natalícia? Eis um tema para dissertação de doutoramento: como variam os valores na publicidade ao longo do ano?

“Meet the first YouTube stars of 2015. Delivered in 24 hours, this heartwarming short film captures the excitement and anticipation surrounding some of the first babies born around New Year’s all over the world. Watch real parents hold their babies for the first time, showing that the best possible start in life begins with love” (Fisher Price).

A Fisher Price é uma empresa de jogos e brinquedos. Normalmente, quem compra é para oferecer. Compreende-se, sobremodo, a aposta  no “aquecimento do coração”.

Marca: Fisher Price. Títulos: Wishes for Baby. Agência: Weber Shandwick. Direcção: Patrick Creadon. USA, Janeiro 2015.