Tag Archive | IKEA

Um mandamento novo

Ikea. Frugal. 2020.

Não poluirás! “A sorte favorece o frugal”. Anúncios como este tangem o religioso. “A sorte é a forma laica do milagre” (Paul Guth).

“A nossa visão é criar um melhor dia a dia para a maioria das pessoas: para os clientes e também para os nossos colaboradores e as pessoas que trabalham nos nossos fornecedores. “Esta visão vai muito para além da decoração para a casa. Queremos que o nosso negócio tenha um impacto positivo no mundo, desde as comunidades onde obtemos os nossos materiais à forma como os nossos produtos ajudam os nossos clientes a viver uma vida em casa mais sustentável. Ao partilhar o que fazemos e ao defendermos aquilo em que acreditamos, podemos ser uma parte da mudança positiva na sociedade” (Ikea – Visão e Conceito: https://www.ikea.com/pt/pt/this-is-ikea/about-us/visao-e-conceito-de-negocio-pub9cd02291).

Marca. IKEA. Título: Fortune favours the frugal. Agência: Mother. Direção: Tom Kuntz. Reino Unido, Dezembro 2020.

Filantropia

— Valha-me Deus! — exclamou Sancho — Não lhe disse eu a Vossa Mercê que reparasse no que fazia, que não eram senão moinhos de vento, e que só o podia desconhecer quem dentro na cabeça tivesse outros? (Miguel de Cervantes, Dom Quixote de la Mancha, cap. VIII. 1605).

Vladimir Kush.

Se existem novidades ao nível da publicidade, a proliferação dos anúncios de sensibilização é uma delas. Anúncios de empresas dedicados a causas sociais. Respiram bondade. O que visam estes anúncios? Promover a causa ou a marca? Sancho Pança, que vê moinhos de vento, diria a marca; Don Quixote, que vê gigantes, a causa. Num mundo onde supostamente naufragaram as grandes narrativas, as narrativas de médio alcance possuem um elevado valor simbólico. O anúncio Waste, da IKEA, é um excelente exemplo de publicidade de sensibilização.

A publicidade de sensibilização promovida pelas empresas é uma prática condenável? Talvez não! A história da humanidade revela que entre a bondade ou a maldade das intenções e a bondade ou a maldade dos resultados não existe uma equação linear. Recorde-se o subtítulo do livro de Bernard Mandeville: “vícios privados, virtudes públicas (A fábula das abelhas, 1723).

Marca: IKEA Rússia. Título: Waste. Agência: Instinct BBDO. Direção: Ilya Naishuller. Rússia, novembro 2020.

Apanhados

ikea-monkeys-epO que fazem os macacos numa cozinha moderna implantada no meio da floresta? Aproximam-se, tacteiam, experimentam, procuram, brincam… Um novo anúncio da Mother London, desta vez para a IKEA. Para desarmar as críticas à utilização de macacos em anúncios, a IKEA produziu um “behind-the-scenes”. Mostra o modo como foram tratados os animais durante as filmagens e revela o papel desempenhado pela IKEA no que respeita à protecção de macacos. Hoje, criticamos tudo e todos. Paradoxalmente, com tanta crítica, o mundo não resulta mais criticado. A crítica não é acumulativa. Criticar a participação de macacos na publicidade? Não me tinha ocorrido, mas por que não? Já agora, vou criar uma nova associação. Uma associação, não, um movimento. Soa melhor, embora prejudique a candidatura a subsídios de Estado. O movimento de libertação dos apanhados (MLA). Tornaram-se populares os programas de televisão que colocam seres humanos em situações indecorosas e traumáticas? O princípio é simples. Sempre que uma peça audiovisual tratar pior um ser humano do que um anúncio um macaco, processa-se o prevaricador. Protejam os apanhados! Sobretudo, nos próximos meses…

Marca: Ikea. Título: Rediscover the joy of the kitchen. Agência: Mother London. Direcção: Juan Cabral. UK, Julho 2015.

“Behind-the-scenes”. Marca: Ikea. Título: Rediscover the joy of the kitchen. Agência: Mother London. Direcção: Juan Cabral. UK, Julho 2015.

Megabytes de amor

ikea-wedding-online

Celebram-se casamentos online. Falta consumar também o matrimónio através da Internet.
A descendência não virá com as cegonhas mas por upload.

IKEA Sweden is launching an online service where people can get married via a webservice. The new service is particularly helpful for people who live abroad or have friends and family living in other countries.
The best sort of love is easy and effortless. And promising one another eternal devotion at a wedding should be just as simple. That is why IKEA Sweden have created a new type of wedding that is neither expensive nor complicated.
IKEA is always striving to find simple solutions for our everyday lives. At Wedding Online the love couple can invite guests and a wedding officiator via a video link. The guests and the couple gather online in several scenic environments where they can see and hear people present in real time.

Marca: IKEA. Título: Wedding Online. Agência: Akestam Holst, Stockholm. Suécia, Abril de 2010.

O último refúgio

ikea The joy of storage

Este anúncio do IKEA é aprazível, onírico, uma boa aposta na estética. Uma ideia simples bem explorada. T shirts associadas a aves, aves que não encontram pouso a não ser nos armários IKEA. Este anúncio lembra outro, magnífico, da Ariston Aqualtis (Underwater World, 2006). Recoloco-o porque o anúncio merece! E nós. também. Há dias, mencionei a relação entre o eu e o outro como chave mestra da publicidade. Anúncios como este mostram que não convém esquecer o sonho.

Marca: IKEA. Título: The Joy of Storage. Agência: Mother (London). Direcção: Dougal Wilson. UK, Janeiro 2015.

A Cadeira de Fechar

Empieza-algo-nuevo-con-IkeaEste anúncio da IKEA é uma delícia! Pela ideia. E pela ternura com que arrasta essa ideia durante dois longos minutos. A ausência inesperada de assento no banco da rotina despoleta no protagonista, “una persona mayor”, um sobressalto de mudança. Um chamamento para a vida que lhe dá asas, aproximando o paraíso da terra. Depois de ver este anúncio estival com espírito natalício, também vou arranjar uma cadeira de fechar. Leve! Leve como o tempo. Este não é um anúncio de consciencialização, mas bem podia ser! Tem sensibilidade e vocação mais do que suficientes para se adaptar a esse fim.

Marca: IKEA. Título: Empieza algo nuevo. Agência: Scpf. Direção: Pep Bosch. Espanha, Agosto 2013.

A ofensiva dos gnomos

Ikea. Time for changeSábado. Tempo de tirar a máscara e desligar as caldeiras da inteligência. A ignorância por desporto é um requinte de sabedoria! E sossegar as urgências em fila estagnada… Sabe tão bem! É como mergulhar na fonte da juventude, entra-se pela esquerda idoso e sai-se pela direita jovem (ver quadro de Lucas Cranach).
Um casal decidiu alterar o jardim. Mas os gnomos não gostaram da ideia. Segue-se uma luta épica. Neste anúncio vídeo musical da IKEA, a performance dos gnomos é fantástica. Tornar ternurentos os diabretes é uma arte muito actual.

Marca: IKEA UK. Título: Time for Change. Agência: mother, London. Direção: Mike Maguire. Reino Unido. Abril 2013.

Lucas Cranach The Elder. A Fonte da Juventude. 1546.Lucas Cranach The Elder. A Fonte da Juventude. 1546.