Tag Archive | cheiro

Uma flor na estrumeira

Old Spice. Ode to Smell. 2021

A marca Old Spice aposta na publicidade desconcertante. Em Ode to Smell, o perfume é promovido através de um anúncio que tresanda. Num ambiente que convoca a série The Wheel Of Time, o produto reduz-se a uma pequena embalagem levitante, agoiro de bruxa, num mundo escabroso dominado por seres humanos “porcos, feios e maus”. A modos como uma flor numa estrumeira. Esta per-versidade, esta revelação através do mergulho no avesso, tem vindo a abrir caminho na publicidade. Dormem alguns destes anúncios no Tendências do Imaginário. Lembram o princípio da vacina: inocular um corpo mórbido para provocar uma contrarreação desejada. A propósito, acabei de me vacinar. Bem que andava precisado. Agora, aproveito para continuar a leitura de O Império Final (2006), de Brandon Sanderson.

Marca: Old Spice X The Witcher. Título: Ode to Smell. Em colaboração com a Netflix. USA, dezembro 2021.
 The Wheel Of Time. Official Teaser Trailer, Amazon Prime Video. Setembro 2021.

Cheiro a Primavera

Hornbach. How Spring Smells. 2019

A marca alemã Hornbach habituou-nos a anúncios tão originais quanto delirantes. How Spring Smells não foge à regra. Homens robustos entregam-se a uma jardinagem musculada. As suas roupas transpiradas, embaladas em vácuo, são disponibilizadas em máquinas de distribuição para gáudio dos consumidores estimulados pelo cheiro masculino primaveril. Este anúncio, polissémico, permite, naturalmente, outras leituras.

Marca: Hornbach. Título: How Spring Smells. Agência: Heimat (Berlin). Direcção: Sam Hibbard. Alemanha, Março 2018.

A arte de defecar

pot-pourri

São raros os anúncios que surpreendem. Quando duram mais de quatro minutos, arriscam-se a incomodar. Como fazer as necessidades durante uma festa? Como eliminar o cheiro? Utilizar um spray aerosol, proteger-se atrás dos arbustos ou utilizar Poo-Pourri? Não dispensando os pormenores escatológicos, o anúncio avalia as três soluções. Vence o recurso ao Poo-Pourri. Tenho sugerido que há produtos difíceis de publicitar. Incluo os desodorizantes de sanitas nesse rol. A criatividade umas vezes sai bem, outras nem por isso.

Marca: Poo-Pourri. Título: How to poop at a party. Produção: Number Two Production. Direcção: Nicole Story. USA, Outubro 2016.

Caretas. O feio sedutor

Fula GrimacesTive vários blogues antes do Tendências do Imaginário. Alguns artigos merecem uma segunda oportunidade.

A “estética do feio” (Rosenkranz, Karl, 1853, Aesthetik des Hässlichen, Koenigsberg,  Gebrüder Bornträger) sempre tentou o Homem. O feio conquistou o seu lugar dentro e fora das igrejas e dos palácios (Eco, Umberto, 2007, História do Feio, Lisboa, Difel). O disforme, o aberrante e o grosseiro oferecem-se cada vez mais como um recurso da publicidade atual, como esteios de sedução que ajudam a vender bens e a congregar vontades. O anúncio do óleo Fula constitui um bom exemplo.

 

Anunciante: Fula. Título: Grimaces.  Agência: Mccann-Erickson, Lisboa. Director: Marco Espírito Santo. Portugal, Agosto 2010.

Cartão de crédito perfumado

Já ouviu falar em cheiro a dinheiro? Pois o cartão de crédito do Banco Santander Rio cheira a poupança. O anúncio banha nesta fragância. Abençoado nariz! É perfume a mulheres, a homens, a mercadorias, a alimentos, a viagens, a objetos eventualmente fálicos e… a sapatos, muitos sapatos vermelhos. Em suma, um anúncio com a marca inconfundível de Javier Mentasti.

Marca: Santander Rio. Título: Olorcito a ahorro. Agência: Ogilvy Argentina. Direção: Javier Mentasti & Maximiliano Maddalena. Argentina, Maio 2012