Picasso a pintar em directo

Na aula de Sociologia e Semiótica da Arte, dedicada ao processo de criação em arte, referi um filme que acompanha Picasso enquanto este desenha: Le Mystère de Picasso, realizado por Henri-Georges Clouzot, em 1955. Segue o filme.

Le Mystère de Picasso. Realização: Henri-Georges Clouzot. 1955.

Etiquetas:, ,

About tendências do imaginário

Sociólogo.

One response to “Picasso a pintar em directo”

  1. Ricardo Pereira says :

    Filme que se origina na cumplicidade da amizade, na partilha do olhar sobre e no estúdio que deixa de ser do artista para passar a ser o da Arte, na reunião e comunhão das artes: (…)”certamente far-se-á bem em separar suficientemente o artista da sua obra para não levá-lo tão a sério quanto a obra. Ele é, decididamente, apenas a condição principal, o seio materno, o húmus, em certos casos, o adube, o estrume, sobre o qual ela brota.” (Friedrich Nietzsche em Genealogia da Moral). Como o pincel que não se deixa secar, o olhar não se fecha, nem para pestanejar. A duração pictórica toma conta da duração do olhar: do artista fundido na obra (como separar?) do espectador no constante jogo de adivinha. André Bazin num ensaio sobre este filme falava dos “traços de Picasso como a criação que leva a uma outra, não como uma causa implica um efeito, mas como a vida engendra a vida”.

    Excelente recomendação cinematográfica. Agradecido.

    Cumprimentos,
    Ricardo Pereira (Mestrado Comunicação, Arte e Cultura)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: