Tédio e lentidão

A um amigo que me ofereceu histórias de imagens, de Robert Walser.

A lentidão é um luxo, o tédio um tormento. Onde está a fronteira?

Regresso às “minhas” músicas; deixo os “tops of the pops” para outras oportunidades. Hoje, estive a ouvir o álbum Astral Weeks (1969), de Van Morrison. Coloco as três últimas faixas.

Van Morrison. Madame George. Astral Weeks, 1969
Van Morrison. Ballerina. Astral Weeks, 1969
Van Morrison. Slim Slow Slider. Astral Weeks. 1969.

Etiquetas:, , , , ,

About tendências do imaginário

Sociólogo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: