A sorte e o azar

Tendências do Imaginário é um blogue ciumento. Por sua vontade, escrevia só para ele. Mas acontece-me escrever em página alheia. O Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS) criou o Communitas (http://www.communitas.pt/), um Think Tank (círculo de reflexão), onde publiquei , no dia 3 de Janeiro, um artigo com o título: A sorte e o azar. Trata-se de um comentário a partir de quatro fotografias que estimei emblemáticas do ano 2017. Apresento o artigo deste modo:

Escolher e comentar quatro fotografias do ano 2017 é um desafio. Ademais, não é arte que cultive. As fotografias são de 2017, mas podiam ser de outros anos, mormente, dos anos que se aproximam. Os temas resumem-se a questões simples: como enfrentar calamidades sem preparar as populações? Como idolatrar e, simultaneamente, exorcizar a técnica? Em termos de identidade, pode-se ser e não ser? Por que persistimos em ser tão desiguais no apoio à miséria alheia?”

Para aceder ao artigo, carregar no endereço http://www.communitas.pt/ideia/a-sorte-e-o-azar/ ou na seguinte imagem.

Manifestação pró-independência na Praça Catalunha, em Barcelona © Albert Gea Reuters (Visão 2.05.2017).

Manifestação pró-independência na Praça Catalunha, em Barcelona © Albert Gea Reuters (Visão 2.05.2017).

About tendências do imaginário

Sociólogo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: