Zelai por nós!

O anúncio com esta fotografia foi proibido no Reino Unido. Porquê? A própria ASA (Advertising Standards Authority) descarta a suposta postura suicida como motivo. A justificação é outra: “Because the ad showed Hailee Steinfeld, who was 14 years of age only when the photo was shot, in a potentially hazardous situation sitting on a railway track, we concluded the ad was irresponsible and in breach of the code in showing a child in a hazardous or dangerous situation.” Tudo se resume numa questão de segurança. Lógico: se é proibido caminhar pela via-férrea, também o é sentar-se! Ambas configuram uma “hazardous or dangerous situation”. A publicidade não deve dar maus exemplos!

Prada: Miu Miu. Hailee Steinfeld.

Esta proibição lembra o anúncio “Girl”, da Sure/Rexona (duvido que seja possível publicar o vídeo). A mesma ASA proibiu este anúncio em que três adolescentes dançavam no banco de trás de uma carrinha sem cinto de segurança. A jurisprudência é a mesma. Não se brinca nem com a ordem, nem com a segurança, sobretudo, quando estão em causa os nossos filhos. Censura ou zelo?

Em democracia, convém ter cuidado com o acto de proibir. Pode ser “hazardous or dangerous” para a liberdade de expressão e desarmar a nossa indignação face a actos tais como a queima ritual de livros e a vingança colectiva de caricaturas. O lápis que endireita as linhas tortas teima em continuar nas mãos do poder. Em nome da solidez, da segurança e da realidade. A contramão de Bauman, Beck e Baudrillard.

Marca: Rexona / Sure. Título: Girl. Agência: Mcconnells. Reino Unido, Junho 2008.

Tags:

Leave a Reply

%d bloggers like this: